Teacher on Demand

English Language Teaching in Brazilian settings

Tabus no sala de aula


Sexualidade é tabu? Drogas é tabu? Gravidez é tabu?1101646

Enfim, seus alunos trazem tabus para a sala de aula e complicam a sua vida?

Respostas: não, não, não e não.

Porquê nº 1: ‘sexualidade’ é um tema, um assunto inseparável da condição humana. ‘Drogas’ também é um assunto. ‘Gravidez’, outro assunto.  Quem escolhe tratar esses assuntos como tabus é você, professor. E sim, há problemas em educação quando seus alunos percebem que você trata um assunto como tabu. Falemos mais sobre isso adiante.

Porquê nª 2: a ideia de que alunos trazem esses assuntos para a escola é equivocada. Eles não trazem. Essas questões vêm à tona, emergem enquanto os alunos vivenciam a rotina escolar, enquanto se socializam com colegas e com professores, enquanto se expõem ao conteúdo das aulas e dos materiais didáticos.

Os assuntos que algumas pessoas tratam como tabu surgem da própria atividade de educar e, se surgem na escola, precisam ser tratadas pela escola como um assunto corriqueiro, com certa naturalidade e responsabilidade.

Por exemplo, se um aluno manifesta curiosidade em entender sexualidade é é bastante provável que ele já tenha ouvido falar em sexo de uma maneira pouco clara, confusa, talvez até obscura e esteja recorrendo à instituição escolar para sanar o incômodo.

Ele não espera que o professor se constranja, cubra o rosto de vergonha, que fuja à pergunta, nem que lhe dê uma resposta evasiva e cheia de resistência. Não é papel do professor fazer a manutenção desse incômodo. O tabu precisa se desfazer ali, é o momento em que entra o professor bem preparado, bem informado e responsável.

Vamos tentar:

“Sexo é um tipo de carinho que só pessoas adultas sabem fazer. Como todo carinho, é uma coisa boa, mas só pessoas que já cresceram o suficiente saberão fazer. É diferente do carinho de mãe, de pai, de tio, de tia, de irmão, de vovó e de vovô. Esses carinhos você já conhece, mas sexo é diferente e só acontece entre duas pessoas adultas, duas pessoas que já se desenvolveram e cresceram ao máximo, que já não são mais crianças. Então, no futuro, quando você for adulto, vai descobrir um tipo novo de carinho”.

Tabu  destruído, criança mais à vontade. Nenhum assunto merece virar tabu.little-girl-playing-ball_94156408

July 15, 2015 Posted by | Uncategorized | Leave a comment

   

%d bloggers like this: